Nota de Esclarecimento da SBBME sobre a Lei do Ato Médico

A Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética - SBBME e todos biomédicos estetas apreciam calorosamente os vetos presidenciais no texto do Projeto de Lei 268/2002 do Ato Médico.

O apoio, a união e a luta de todos os envolvidos são fundamentais para que esse cenário se mantenha. 

A luta ainda não acabou!

Os vetos serão definitivamente apreciados pelo Congresso. Se os vetos forem mantidos pelo Poder Legislativo, o Projeto Lei é sancionado e passa a vigorar em menos de 60 dias.

Importante destacar que os vetos mantém as atribuições e prerrogativas dos biomédicos estetas, como também, a todos os demais profissionais da saúde que atuam no setor da Saúde Estética.

Continuaremos realizando todos tratamentos estéticos e terapêuticos assegurados nas Resoluções baixadas pelo nosso Conselho Federal de Biomedicina – CFBM.

Se os vetos forem mantidos até o final, nós biomédicos estetas continuaremos assumindo a responsabilidade pelo diagnóstico e tratamento de disfunções estéticas de âmbito biopsicossocial.

Como bem salientado no site do CFBM:

Prezados Colegas Biomédicos
A Presidenta Dilma sancionou a Lei com os vetos solicitados.

Nossas prerrogativas estão asseguradas.
Parabéns!
Dr. Silvio Cecchi

Presidente do CFBM e ABBM

A Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética - SBBME continua empenhada na luta pela manutenção dos vetos no Projeto de Lei 268/2002 "Ato Médico" que será de suma importância para a classe biomédica, e especialmente, para nós biomédicos estetas.

Nos próximos dias a SBBME participará de reuniões com parlamentares da base do Governo, como também, nas reuniões com as lideranças das 13 classes da Saúde.

Dra. Ana Carolina Puga e Dr. Fransérgio dos Santos

Presidente e Tesoureiro da Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética - SBBME/ABBME